Porque castrar o seu animal de estimação?

A castração é um procedimento seguro, desde que seja feito por um bom médico veterinário.
 
A cirurgia pode ser feita em qualquer idade, mas recomenda-se a partir de 5 meses de vida, de preferência antes do primeiro cio.
 
Os animais se recuperam rapidamente, com um mínimo de desconforto tanto para eles como para os proprietários.
 
A castração traz muitas vantagens, além de contribuir para o controle de natalidade de cães e gatos. Os riscos de se desenvolver doenças nos órgãos reprodutores são consideravelmente reduzidos com a cirurgia e, dessa forma, eles conseguem ter uma vida longa e bem mais saudável.
 
A castração não muda a personalidade do seu amigo, mas o deixa mais sossegado, o que faz com que ele não sinta a necessidade de fugir para a rua a fim de procurar um(a) companheiro(a), evitando assim as brigas com outros animais e os riscos de acidentes e maus tratos nas ruas.
 
No que diz respeito à higiene, os machos geralmente deixam de urinar em qualquer lugar para demarcar território. Acabam-se os desconfortos nas fêmeas com o cio a cada seis meses e também a gravidez imaginária.
 
O animal castrado torna-se mais tranquilo, e esse comportamento favorece a obesidade. Portanto, é importante manter uma dieta equilibrada e o estímulo aos exercícios com brincadeiras e passeios.
 
Dê mais saúde ao seu animal de estimação.
 
Ao esterilizá-lo você está proporcionando qualidade de vida a ele.
 
Esterilizar o seu animal é dar amor, é praticar a cidadania.

 

Qualidade de vida para animais idosos.

O animal idoso tem necessidades especiais e quanto mais estivermos atentos às mudanças no comportamento e corpo de nosso amigo, mais chances de uma vida feliz e saudável ele terá. Em geral, cães e gatos entre 5 e 8 anos já começam a entrar na terceira idade.

Um animal poderá desfrutar de uma velhice saudável se tomarmos todos os cuidados necessários, que vão da alimentação a consultas periódicas, semestrais ou no máximo anuais, ao médico veterinário.

Assim como nós, animais idosos perdem a agilidade, daí a necessidade de maiores intervalos de repouso. As brincadeiras perdem a graça, já que seu corpo não aguenta mais tantos exercícios, mas isso não quer dizer que as brincadeiras devem cessar. Estimule de forma mais tranquila. E, como ele passará a maior parte do tempo descansando, providencie uma cama confortável, longe de sol, vento e umidade.

Os sentidos também merecem atenção especial. Visão e audição são afetadas. Sendo assim, não faça mudanças radicais no ambiente em que ele vive, mantendo a cama e as vasilhas de comida e água sempre no mesmo local.

Os cães deverão ser exercitados de maneira branda, com caminhadas mais curtas. Embora menos ativo, exercícios moderados ajudam na circulação, evitam a atrofia muscular e mantém as articulações em movimento. Lembre-se: caminhadas não são permitidas entre 10h e 16h em dias quentes.

Mantenha a pelagem de seu pet bem cuidada. Banhos, tosas e escovação do pelo, além de serem hábitos de higiene, são fundamentais para prevenção de problemas dermatológicos.

Cuidados como o controle mensal de parasitas, vermifugação semestral e vacinas do calendário anual, por toda a vida, não devem ser de maneira nenhuma descartados.

Assim como o corpo, os órgãos passam a desempenhar suas funções num processo mais lento. As doenças mais comuns em cães idosos são:

Diabetes (que muitas vezes se manifesta em cães obesos);
problemas cardíacos, renais e urinários;
problemas nos membros e articulações;
tumores;
disfunções metabólicas e comportamentais e problemas bucais tais como tártaro, placa bacteriana, fraturas dentais e gengivites, que causam sempre mau hálito e muita dor.

Todos esses males podem ser evitados e tratados, com a realização de check-ups periódicos. Com exames preventivos e consultas regulares seu animal de estimação viverá mais e melhor. Pense nisso, retribua, cuide da saúde daquele que está ao seu lado por tanto tempo. No mais, continue dando amor e carinho, afinal ele sempre foi o seu fiel amigo e dedicou toda a sua vida a você.

 

Fique atento aos parasitas de verão!

No verão, as chances de proliferação de pulgas, carrapatos e moscas são ainda maiores. Estes parasitas transmitem uma série de doenças.
Carrapatos transmitem a Hemoparasitose e a Erliquiose (infecção gravíssima), entre outras doenças.
 
As pulgas, além de serem desconfortáveis para o animal, transmitem vermes, parasitas sanguíneos e podem levar a processos alérgicos.
 
O verme de coração é transmitido por picada de mosquito e pode causar insuficiência cardíaca. Moscas varejeiras também são responsáveis pela berne e Miíase, mais conhecida como bicheira. No caso da bicheira, além de causar mau cheiro e sangramento intenso, as larvas depositadas pelas moscas na pele do animal podem perfurar os vasos sanguíneos, levando à morte. Os sintomas para cada uma das doenças causadas por esses parasitas são inúmeros - fadiga, apatia, perda de peso, tosse crônica, lesões na pele, etc. Fique atento, nesses casos é necessário procurar o médico veterinário para que ele indique o tratamento adequado ao animal.

Prevenir doenças causadas por parasitas é o melhor que você pode dar ao seu pet. A utilização de antipulgas e carrapaticidas a cada 30 dias, durante toda a vida do animal, é fundamental. Banhos semanais e tosas regulares também são importantes na prevenção de proliferação de parasitas.

Mais informações importantes:

Lembre-se de lavar a vasilha do seu Pet após as refeições, evitando assim que a comida deteriore ou atraia insetos.
Redobrar os cuidados com a limpeza e higiene do local onde o animal vive é indispensável.
Mantenha seu amigo sempre hidratado e limpo.
Nos dias quentes, nunca exponha seu amigo diretamente aos raios solares, pois isso pode causar insolação, queimaduras e desidratação.  
Faça visitas regulares ao médico veterinário. Com estes cuidados e água fresca sempre à disposição, seu amigo estará protegido e pronto para passar um verão tranquilo ao seu lado.

 

Campanha de Saúde Oral para cães e gatos!
Apoio: ABOV

A Campanha de Saúde Oral para cães e gatos, criada pela ABOV (Associação Brasileira de Odontologia Veterinária), tem como objetivo promover a conscientização da importância da higiene oral e prevenção de doenças periodontais nos animais de estimação. Manter uma boa higiene bucal é essencial para a saúde geral de seu animal de estimação, pois só assim ele poderá desfrutar de uma vida saudável e feliz.

Odontologia Veterinária é na LovingPets:
Tratamento de placa bacteriana, tártaro, gengivite, halitose, dor e prevenção de perda dentária.

Dicas:

  • Escove os dentes do seu animal de estimação pelo menos uma vez ao dia;
  • Ração seca auxilia no controle da placa bacteriana;
  • Ofereça tiras de couro diariamente;
  • Ensine e estimule o seu amigo a brincar com mordedores, bolinhas e brinquedos para higiene dental;
  • Consulte um veterinário para avaliações periódicas.

Saúde Oral = Sorriso Animal!

 

Dê o melhor ao seu baixinho

Cães de raças pequenas são mais ativos e, em sua maioria, vivem em ambientes internos. A dieta dos pequenos cães diferencia-se daquela de cães de porte médio e grande. Rações para raças pequenas precisam de altos níveis de proteína, gordura e vitamina, pois eles têm um metabolismo mais rápido e exigem mais energia do que cães de raças maiores. A alta palatabilidade também é importante, pois eles são mais exigentes quanto ao sabor da ração. Você deve escolher a ração cuidadosamente para assegurar-se de que o seu pequeno cão adquira todos os nutrientes que o seu corpo necessita. Exercite o seu pequeno cão, principalmente se você oferecer a ele uma boa ração, pois ele precisará gastar toda a energia que esta lhe proporcionará. Dê uma vida longa e saudável ao seu amigo baixinho. Peça orientações ao veterinário de sua confiança, ele indicará o melhor alimento ao seu amigo.

 

Saúde Oral

Nós escovamos os dentes diariamente, às vezes, mais de 3 vezes ao dia mas, quantos de nós escovamos os dentes dos nossos animais? Quantos de nós consideramos a saúde oral de nossos amigos importante, assim como é para nós? Doenças Periodontais também acometem os nossos bichinhos. Prevenir é simples – basta criar o hábito da escovação. O recomendável é iniciar a escovação desde cedo, ainda filhote, mas nunca é tarde para iniciar a escovação dentária em animais de estimação que nunca escovaram os dentes. A higiene bucal deve ser feita com escovas e cremes dentais apropriados, disponíveis na LovingPets.  Mau hálito; cálculo dental (tártaro – crostas amarronzadas sobre os dentes); inflamação – sangramento da gengiva; dentes com mobilidade; dentes fraturados; dentes de leite persistentes; salivação excessiva; perda de apetite; apatia, etc; São sinais frequentes de que seu amigo não está bem e, portanto, precisa de um especialista em odontologia veterinária. Se o seu animal tem saúde oral, ele terá saúde geral, pois doenças periodontais atingem também órgãos vitais como rins, fígado, pulmões e coração. Prevenir é a melhor saída. Escovações associadas a ossos e tiras duras palatáveis previnem a doença periodontal. Com a realização de check-ups periódicos, pequenos problemas podem ser diagnosticados precocemente e tratados com mais facilidade.

 

Filhotinhos

A primeira coisa que você deve fazer, ao adquirir um filhote, é levá-lo ao veterinário para consulta de rotina, vacinação, vermifugação e cuidados básicos. O médico também dará orientações de como alimentar seu filhote com rações apropriadas. Os cães em fase de crescimento precisam de uma dieta diferente, pois têm necessidades específicas, já que se desenvolvem rapidamente. A nutrição adequada é o alicerce para a saúde do seu novo amigo, pois só assim ele poderá crescer forte e saudável.

 

A boa alimentação

Ofereça ao seu cão uma ração de boa qualidade, completa, balanceada e que atenda a todas as suas necessidades. A boa alimentação deve incluir, de um modo equilibrado, todos os nutrientes essenciais à saúde do seu cão. Além das vantagens nutricionais, a ração seca traz outros benefícios, como fezes em menor quantidade e de odor reduzido. Mantenha seu amigo sempre saudável, nunca ofereça restos de comida ou alimentos humanos, pois seu cão não tem as mesmas exigências nutritivas que o homem. Lembre-se que cães de idade precisam de vitaminas para a restauração do organismo, cães adultos devem ingerir alimentos de fácil absorção para ter um bom desempenho, e filhotes necessitam de nutrientes exclusivos para o crescimento. O porte do animal também é importante, por exemplo: cães pequenos são mais ativos e consomem mais energia, portanto existe a diferença entre a alimentação de cães de grande e pequeno porte. Cada um deverá ingerir gorduras e proteínas de acordo com suas necessidades. Para cada idade e tamanho, uma ração apropriada. Peça orientações ao veterinário de sua confiança, ele indicará o melhor alimento ao seu amigo

 

Gatos

Escolha uma ração com a melhor fórmula para certificar-se de que o seu gato está recebendo a alimentação equilibrada, com tudo que precisa para a sua saúde. O gato é um carnívoro, o que significa que ele  precisa de proteína à base de carne.  Gatos também precisam de certos aminoácidos essenciais que seu corpo não consegue produzir. Um dos mais importantes é a taurina. A deficiência de taurina pode causar sérios problemas de saúde nos gatos, incluindo cardiomiopatia (doença ou enfraquecimento do músculo cardíaco), distúrbios reprodutivos, e degeneração da retina e cegueira.  Uma boa alimentação também previne doenças do trato urinário. Peça orientações ao médico veterinário e alimente seu gato corretamente. 
E lembre-se – filhotes deverão comer ração para filhotes até 1 ano de idade.
 
Cuidados: Procure sempre um veterinário para consultas de rotina, vacinação e vermifugação. Se você não quiser crias, esterilize o seu gato ou gata, procure o veterinário e informe-se sobre procedimentos. Mantenha as caixas de areia sempre limpas e deixe sempre água à disposição do seu gato..

 

Ele está gordinho? Cuidado!

As causas mais comuns do ganho de peso são a má alimentação e a falta de exercícios. Há que se ter cuidado ao agradar os animais com guloseimas. Se você se comove com um olhar pidão, saiba que guloseimas e restos de comida não têm os ingredientes necessários e saudáveis para o seu amigo, tente distraí-lo com brincadeiras.

Reduzir os petiscos e fazer uma dieta balanceada ajudará, e muito, na redução de peso. Existe no mercado uma variedade de rações apropriadas para animais obesos. Consulte o médico veterinário e peça orientação sobre qual alimentação é melhor para o seu animal.

Caminhadas e brincadeiras que requerem movimento também dão resultados. Seu amigo vai queimar calorias e melhorar a circulação cardiovascular ao mesmo tempo. Consulte o veterinário imediatamente se seu animal de repente perde ou ganha peso. Seu pet também terá de visitar o veterinário caso não perca peso com as mudanças na dieta e com a prática de exercícios.

A obesidade pode se tornar um problema grave no futuro do seu amigo, podendo provocar doenças cardíacas, diabetes, problemas respiratórios, predisposição a dores articulares, entre outros males.

A perda de peso pode ser difícil para animais de estimação, mas os benefícios à saúde superam em muito o desafio de perder os quilos extras.

 

Recomendações de verão.

  • No verão, não se esqueça de manter seu amigo hidratado e limpo.
  • Nunca deixe seu amigo dentro do carro, pois a temperatura interna do veículo é potencializada em dias quentes. Podem ocorrer insolação e até a morte. A temperatura corporal do seu animal se eleva rapidamente no verão.
  • Reserve um lugar ventilado, no quintal de sua casa, e nunca o deixe sem água fresca.
  • Não dê restos de alimentos ao seu cão ou gato. Nossos alimentos muitas vezes são ricos em gordura e podem trazer conseqüências, como a má digestão.
  • Mantenha o quintal limpo e lave bem a vasilha de comida, assim você estará fazendo o controle de parasitas.
  • Os passeios devem ser antes das 10:00h e após as 16:00h. Entre esses períodos o sol é prejudicial e a temperatura do asfalto se eleva podendo causar queimaduras nas patas.
  • Mantenha o seu amigo sempre limpinho. Banhos e tosas são recomendáveis, pelo menos duas vezes por mês.

No mês de Março, a cada 6 banhos*, ganhe uma aplicação de  antipulgas/carrapatos.

Aproveite e retire o cartão fidelidade LovingPets. Você terá um mundo de vantagens.